Insônia

10/06/20190
1200-2-2.png

O tempo necessário para um sono reparador varia de uma pessoa para outra. A maioria, porém, precisa dormir de sete a oito horas para acordar bem-disposta. A INSÔNIA é um distúrbio que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou, de permanecer dormindo durante toda a noite. Pessoas com insônia começam o dia já se sentindo cansadas, têm problemas de humor, falta de energia e têm o desempenho no trabalho ou nos estudos prejudicado por causa deste distúrbio. A QUALIDADE DA VIDA da pessoa fica comprometida.

 

As causas
A insônia pode ter causas orgânicas e psíquicas como:

O.1 Ansiedade
A ansiedade, bem como transtornos graves de ansiedade, como o transtorno de estresse pós-traumático, pode atrapalhar o sono.

O.2 Estresse
Trabalho, estudos, saúde ou família podem manter sua mente ativa durante a noite, o que dificulta na hora de adormecer. Perda de emprego, brigas, perda de um ente querido ou adoecimento podem desencadear episódios de insônia.

O.3 Condições Médicas
Dores crônicas, dificuldade para respirar e outras doenças podem causar insônia. Além dessas citadas temos: artrite, câncer, insuficiência cardíaca, doença pulmonar, e muitas outras.

O.4 Depressão
Uma pessoa com depressão pode dormir mais do que o normal e pode também não conseguir dormir.

O.5 Hábitos de sono
Maus hábitos de sono também podem causar insônia. Estes incluem irregularidade do sono, como dormir e acordar em horários diferentes todos os dias; atividades estimulantes antes de deitar-se; dormir em ambientes inapropriados e desconfortáveis, como em um lugar muito iluminado, dormir em frente à TV ou dormir com a luz acesa.

O.6 Medicações
Medicamentos podem interferir na capacidade de uma pessoa adormecer ou permanecer dormindo, incluindo antidepressivos, remédios para pressão arterial, antialérgicos etc. Outros medicamentos que contenham cafeína e outras substâncias estimulantes também podem desencadear em insônia.

 

Os Sintomas
Uma pessoa que sofra com insônia, muitas vezes, pode levar 30 minutos ou mais para adormecer e pode dormir por apenas seis horas ou menos a partir de três noites por semana por mais de três meses.

Os principais sintomas são dificuldade para adormecer, despertar durante a noite, despertar muito cedo, não se sentir descansado após uma noite de sono, sonolência e cansaço, irritabilidade, dificuldade de concentração, dores de cabeça localizadas, problemas gastrointestinais e preocupações contínuas com o sono.

 

A insônia precisa ser levada a sério, se houver os sintomas é preciso procurar um especialista para determinar o que pode estar causando o problema e saber como ele pode ser tratado.


Responder

Your email address will not be published. Required fields are marked *


WhatsApp chat